Abertas 825 vagas para Analista Técnico de Políticas Sociais no MPOG

Foi publicado na edição do Diário Oficial da União desta segunda-feira, 27, edital de concurso público para o provimento de vagas no Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG). A informação é de que serão ofertados 825 postos de trabalho e que a responsável técnico-administrativa pelo certame será a Escola de Administração Fazendária (Esaf).

De acordo com o texto do documento, a oportunidade será para o cargo de Analista Técnico de Políticas Sociais nas áreas de Assistência Social, Educação, Gestão Social, Previdência e Saúde para carreira de Desenvolvimento de Políticas Sociais, com lotação em Brasília, Distrito Federal. No total previsto, já estão inclusas 43 vagas para pessoas com deficiência.

O vencimento básico, mais a gratificação de desempenho de atividades em políticas sociais (GDAPS – variável), além da vantagem pecuniária individual (VPI) somam a remuneração total de R$ 5.466,53, a qual todos os contratados terão direito.

Entre as atividades previstas para o cargo estão a execução de atividades de assistência técnica em projetos e programas nas áreas de saúde, previdência, emprego e renda, segurança pública, desenvolvimento urbano, segurança alimentar, assistência social, educação, cultura, cidadania, direitos humanos e proteção à infância, à juventude, ao portador de necessidades especiais, ao idoso e ao indígena; a verificação, acompanhamento e supervisão dos processos inerentes ao Sistema Único de Saúde, ao Sistema Único de Assistência Social e aos demais programas sociais do governo federal objeto de execução descentralizada; além de outras.

Para concorrer o interessado deverá possuir ensino superior completo (vide Anexo I do edital) e efetivar sua inscrição de 3 a 16 de setembro pelo endereço eletrônico http://www.esaf.fazenda.gov.br, com pagamento de taxa no valor de R$ 100,00. A isenção desse valor só poderá ser solicitada se o candidato for, cumulativamente, membro de família de baixa renda e estar inscrito no Cadastro Único do município em que reside.

Segundo a organizadora do certame os inscritos serão avaliados por meio de provas objetivas de conhecimentos básicos e específicos na data provável de 18 de novembro; bem como serão submetidos a provas discursiva e de títulos.

Sobre as avaliações

  • Prova Objetiva de Conhecimentos Básicos (eliminatória e classificatória) para todos os cargos – 70 questões de língua portuguesa, inglês, gestão de pessoas, direito público, políticas públicas, economia brasileira contemporânea e realidade brasileira;
  • Prova Objetiva de Conhecimentos Específicos (eliminatória e classificatória) – 60 questões específicas a cada área;
  • Prova Discursiva (eliminatória e classificatória) para todos os concorrentes em data, horário e local a serem informados – desenvolvimento de um tema em, no mínimo, 40 linhas e no máximo 60;
  • Prova de Títulos (classificatória).

Fonte: http://www.in.gov.br.

Quer ter ganho de pontos adicionais em sua prova de títulos?

Faça um de nossos cursos de Pós Graduação e se prepare ainda melhor para esta grande oportunidade.

MAIORES INFORMAÇÕES *** CLIQUE AQUI ***

Anúncios